Laboratório Toledo

Acesse e confira o resultado do seu exame online de maneira prática e rápida de onde estiver.

Combate à Tuberculose

Combate à Tuberculose


Brasil pretende reduzir drasticamente as mortes por tuberculose até 2035. Hoje a doença atinge 30% da população e muitas pessoas nem sabem que estão contaminadas.

A Tuberculose é uma doença infecto contagiosa causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões. Mas também pode ocorrer em outros órgãos do corpo como ossos, rins e meninges.

A transmissão é direta, de pessoa para pessoa, portanto aglomeração de pessoas é o principal fator de transmissão. Alguns pacientes não exibem nenhum indicio da tuberculose, mas os sintomas mais frequentes são tosse seca, cansaço excessivo, febre baixa geralmente à tarde, sudorese noturna, falta de apetite, palidez, emagrecimento acentuado, rouquidão, fraqueza e prostração. Nos casos mais graves a pessoa tem dificuldade para respirar, elimina grande quantidade de sangue, tem colapso pulmonar e acumulo de pus na pleura.

O tratamento é a base de antibióticos e dura seis meses. Muitas pessoas abandonam o tratamento e o quadro acaba se agravando podendo levar à morte. O número de óbitos por tuberculose no Brasil ainda é grande, mas está caindo.

Segundo o Ministério da Saúde em 10 anos a taxa de mortalidade por tuberculose caiu 20,7%. Agora o compromisso do governo federal é reduzir em 95% os óbitos e em 90% o coeficiente de incidência da doença até 2035. “Podemos viver em um mundo livre de tuberculose”, afirmou o ministro da saúde Arthur Chioro.

Para isso estão sendo desenvolvidas ações em conjunto com outros países e com vários setores da sociedade brasileira. Mas é a saúde pública a maior responsável para detectar a doença e agilizar o tratamento. Para isso o SUS já está contando com o teste rápido de tuberculose, que detecta o bacilo causador da doença em duas horas e identifica se há resistência ao antibiótico rifampicina, usado no tratamento.

Deixe um comentário